Comando sort

Comando sort

O comando sort organiza as linhas de um arquivo por ordem numérica ou alfabética.

Como exemplo criei um arquivo vou abrir com o comando cat e depois com o comando sort.

[caption id="" align="aligncenter" width="400"]Organiza as linhas de um arquivo por ordem alfabetica ou numerica cat exe_sort.[/caption]


Agora com o comando sort.

[caption id="" align="aligncenter" width="400"]Exemplo do comando sort sort exe_sort.[/caption]

Agora exemplo em ordem alfabética.

[caption id="" align="aligncenter" width="400"]Abrindo um arquivo com o cat e redirecionando a saida com pipe sort cat exe_sort |sort[/caption]

 Basicamente é isso que esse comando faz para mais informação man sort.

Manpages man sort

Nome
linhas de classificação de arquivos de texto -sort

Sinopse
sort [OPÇÃO] … [ARQUIVO] …
sort[OPÇÃO] … –files0-from = F

Descrição
Escrever concatenação ordenada de todos os ARQUIVO (s) para a saída padrão.
Os argumentos obrigatórios para as opções longas são obrigatórios para curtas opções também. Ordenando opções:
-b, –ignore-líder de blanks ignorar espaços em branco iniciais
-d, –dictionary-fim considerar apenas espaços em branco e caracteres alfanuméricos
-f, –ignore-case dobre minúsculas para maiúsculas
-g, –General-numérico-tipo comparar acordo com o valor numérico geral
-i, –ignore-nonprinting considerar apenas caracteres imprimíveis
-M, –month-Sort comparar (desconhecido) < ‘Jan’ <… < ‘dezembro’
-h, –human-numérico-tipo comparar números legíveis humanos (por exemplo, 2K 1G)
-n, –numeric-sort comparar acordo com a cadeia de valor numérico
-R, –random-Sort ordenar por haxixe aleatória de chaves
–random-source = ARQUIVO obter bytes aleatórios de ARQUIVO
-r, –reverse reverter o resultado de comparações
–sort = PALAVRA tipo de acordo com a Palavra: -g general-numérico, numérico humana -H, mês -M, -n numérico, -R aleatório, versão -V
-V, –version-Sort tipo natural de (versão) os números dentro do texto

Outras opções:
–batch-size = NMERGE mesclar a maioria das entradas NMERGE ao mesmo tempo; para mais arquivos temporários de uso
-c, –check, –check = diagnosticar-primeiro vá para a entrada classificadas; não classificar
-C, –check = Tranquila, –check = silenciosa como -c, mas não relatam primeira linha bad
–compress-program = PROG comprime temporários com PROG; descompactá-los com PROG -d
–files0-from = F ler a entrada de arquivos especificados por nomes NUL-terminados em arquivo de F; Se F é – então ler os nomes da entrada padrão
-k, –key = POS1 [, POS2] iniciar uma chave na POS1 (origem 1), terminá-la em POS2 (fim padrão de linha)
-m, –merge mesclar arquivos já ordenados; não classificar

-o, –output = ARQUIVO escreve o resultado para FILE em vez de saída padrão
-s, –stable estabilizar tipo desativando comparação de último recurso
-S, –buffer-Size = TAMANHO Usar o tamanho de buffer de memória principal
-t, –field-separator = setembro usar setembro, em vez de não-branco para transição em branco
-T, –temporary-Directory = DIR usar DIR para temporários, não $ TMPDIR ou / tmp; várias opções de especificar vários diretórios
-u, –unique com -c, para verificar ordenação estrita; sem -c, a produção apenas o primeiro de um igual prazo
-z, –zero terminada linhas finais com 0 bytes, não de nova linha
–Socorro exibir esta ajuda e sai
–versão informações de versão e sai
POS é F [.C] [OPTS], onde F é o número do campo e C a posição do caractere no campo; ambos são origem 1. Se nem -t nem -b está em vigor, caracteres em um campo são contados a partir do início do espaço em branco anterior. OPTS é uma ou mais opções de pedido de uma única letra, que override opções de pedido globais para essa chave. Se nenhuma tecla for dada, use a linha inteira como a chave.
TAMANHO pode ser seguido pelos seguintes sufixos multiplicativos:% 1% da memória, b 1, K 1024 (padrão), e assim por diante para M, L, T, P, E, Z, Y.
Sem ARQUIVO, ou quando ARQUIVO é -, lê a entrada padrão.
*** ATENÇÃO *** O local especificado pelo ambiente afeta a ordem de classificação. Defina LC_ALL = C para obter a ordem de classificação tradicional que utiliza valores de byte nativas.

Autor
Escrito por Mike Haertel e Paul Eggert.

relatar bugsErros Relatório de classificação para bug-coreutils@gnu.org

Home page GNU coreutils: < http://www.gnu.org/software/coreutils/ >
Ajuda geral usando software GNU: < http://www.gnu.org/gethelp/ >
Tradução relatório tipo bugs para < http://translationproject.org/team/ >

direitos autorais
Copyright © 2010 Free Software Foundation, Inc. Licença GPLv3 +: GNU GPL versão 3 ou mais tarde < http://gnu.org/licenses/gpl.html >.
Este é um software livre: você é livre para mudar e redistribuí-lo. Não há NENHUMA GARANTIA, até o limite permitido por lei.

Veja também
A documentação completa para espécie é mantida como um manual Texinfo. Se os programas de informação e de classificação são devidamente instalado no seu site, o comando
Informação coreutils aqsort invocationaq
deve dar-lhe acesso ao manual completo.
referenciada por
column (1), cracklib-format (8), dnssort (1), environ (5), environ (7), fastrm (1), flowdumper (1), grep (1), look (1), makehistory (8), mergesort (3), msort (1), ps (1), qsort (3), radixsort (3), remind (1), wtfindex (6), zipinfo (1)

Anúncios